Web Stories para WordPress é lançado Oficialmente

O plugin para a criação de Web Stories do Google permite que o usuário adicione os famosos stories das redes sociais no WordPress: em tela cheia, com recursos touch e por meio da tecnologia AMP.

Esse anúncio foi feito recentemente, e o plugin de Web Stories do Google agora é um plugin WordPress completo e promete mais uma revolução no modo como os proprietários de sites disponibilizam conteúdos na Internet.

Isso, porque os Web Stories são uma excelente forma de rankear no topo da pesquisa do Google, na seção de imagens do Google, no Discover e no Google App. Além disso, é possível adicionar links de acesso para blogposts nas stories.

Dessa forma, os proprietários de sites podem chamar a atenção dos visitantes com as stories em um primeiro momento, para depois converter essas leads em leitores do blog.

O Google Web Stories usa AMP para a disponibilização de conteúdos rápidos, de fácil consumo pelo público. Por isso, cada página de uma storie deve conter no máximo 200 caracteres escritos com tamanho da fonte 24 e agrupado de forma a compor quatro a trinta stories máximas.

Além disso, os vídeos não devem ter mais de 15 segundos de duração, ser filmados no modo retrato e não no modo paisagem, pois isso dificulta a exibição mobile-friedly na tela inteira de um dispositivo móvel, e conter legendas para garantir a acessibilidade do conteúdo

O recurso tem um funcionamento bastante simples semelhante ao google people cards que também chegará ao Brasil em breve. Depois de encontrar e selecionar um Stories de sua preferência, o usuário pode navegar pelo formato como se estivesse nos Stories de um aplicativo qualquer, incluindo apertar a tela para ir para o próximo cartão e deslizar para assistir o próximo.

A primeira versão da nova plataforma já conta com a parceria de mais de 2000 sites espalhados pelos 3 primeiros países a receber a novidade, que também já indexaram alguns de seus principais trabalhos na área. No Brasil, os colegas incluem veículos como a Folha de São Paulo, o UOL, a Veja, o IGN Brasil, a Trip e a Super Interessante.

Além dos Stories serem recomendados nas buscas do Google, a companhia também confirma que os autores terão total controle sobre a monetização, a hospedagem, o compartilhamento e a inclusão de links nos conteúdos indexados na página do Discover. Os Stories veiculados podem ser produzidos de diferentes plataformas, incluindo o WordPress, o MakeStories, o NewsroomAI e o próprio Web Story do Google.

 

Dúvidas sobre o Google Web Stories

O que é stories do google?

O Google Web Stories é uma nova forma de AMP (Accelerated Mobile Pages). É o conteúdo que deve ser consumido em pequenos formatos, igual mesmo os stories do facebook, whatsAppp, instagram e Tik tok

Como funciona o google stories?

O google stories funciona em wordpress aonde o google disponibiliza um plugin gratuitamente no seu site oficial. O Google Web Stories é de código aberto e gratuito então não precisa comprar nenhum plugin que diz ser algo como google stories premium por exemplo

Benefícios de usar o Google stories

Além de ser esteticamente bonito de ser consumido (visto), as imagens do google stories aparecem em destaque no google imagens. Especialistas nos Estados Unidos e Europa dizem que é uma forma incrível de se conseguir tráfego orgânico vindo do google e este é realmente o objetivo do google: entregar conteúdo bom e rápido Além de ser AMP por natureza, cada stories também gera uma URL única, aonde você pode por meta description, palavra chave e título SEO. Ele contém integração nativa com o plugin Rank math também

Como usar o google stories?

Recomenda-se que os vídeos não tenham mais de 15 segundos de duração e devem conter legendas, ou seja, imagem ou video + texto em cada stories O Google especifica que os vídeos devem ser gravados no modo retrato, não no modo paisagem. Dessa forma, eles serão exibidos em tela cheia em um dispositivo móvel, igual nos stories do instagram Todos os vídeos devem ter legendas para que um usuário possa assistir e ler junto com ele. A suposição é que o usuário talvez não esteja em uma situação em que possa ouvir um vídeo, como em um local público ou em algum lugar que exija silêncio, nada demais, nesse caso é igual os videos legendados do instagram O Google recomenda que o texto tenha no mínimo o tamanho da fonte 24 e que cada página contenha no máximo 200 caracteres.

Comunidades para web criadores e ter inspirações:

https://www.youtube.com/channel/UCXZNlYNefXV3iMcyzszt_9Q

https://twitter.com/WebCreators

https://www.instagram.com/googlewebcreators/

Google Web Stories WordPress Plugin:

https://developers.google.com/search/docs/guides/enable-web-stories

https://amp.dev/documentation/guides-and-tutorials/start/create_successful_stories/

No video abaixo, você pode ver um tutorial de como funciona