Sites de cupons têm aumentado o poder de compra do brasileiro em meio à pandemia

A busca por descontos não é novidade para o brasileiro. Promoções e ofertas sempre são levadas em consideração pela população.

A busca em Sites de cupons de descontos não é novidade para o brasileiro. Promoções e ofertas sempre são levadas em consideração pela população. Segundo dados da Kantar Worldpanel, 55% dos consumidores levam a redução de preço em conta na hora da compra. No primeiro trimestre 2017, 80% dos consumidores compraram algo em promoção.

No começo desse ano o novo Coronavírus chega ao Brasil, hoje com mais de 4 milhões de casos o país vive uma crise em diversos setores da economia. Nos meses de maio e julho o IBGE apontou uma alta de 20,9% no desemprego.

Com a diminuição do poder de compra, o brasileiro tem optado por economizar, os gastos estão voltados aos itens cruciais do dia a dia. Porém, na mesma pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel é indicado que o país tem um dos maiores potenciais de consumos do mundo, são 40,1% contra 40% da Argentina, 38% do Reino Unido e 34,5% da Itália.

Isso faz com que mesmo tendo uma diminuição no consumo, nunca irá parar por completo, apenas haverá adaptações no processo de compra. Uma pessoa que estava disposta a pagar o preço cheio, com a chegada da pandemia passa a pesquisar e comparar os preços com muito mais frequência.

Diversas empresas têm apostado na estratégia de promoção, beneficiando seu marketing junto ao aumento nos pedidos. A gigante norte-americana Amazon realizou diversas parcerias com sites de cupom de desconto.

Pode ser dito que uma nova tendência está entre os brasileiros. As compras online tiveram um aumento de 40% desde o início de março, data marcada pelo início da pandemia no país. As lojas têm cada vez mais demonstrado o interesse em ofertar através de cupons de desconto, um grande mercado que agora está em nítida expansão.

Fonte: Portal Terra